top of page
  • Foto do escritorNilmar Silva

Como funciona a Psicoterapia Breve Focal (PBF)?

A Psicoterapia Breve (PB):

É uma modalidade de “terapia focal” (UM MÉTODO) que visa “de preferência, e na medida do possível”, a solução dos problemas imediatos e o alívio sintomático (BRAIER, 2000, p. 19). Dessa forma, trata-se de um método de tratamento que leva em conta diversos fatores contemporâneos que podem interferir diretamente na vida dos pacientes: dificuldades para acessar um tratamento psicoterápico, limitações econômicas, sintomas muito acentuados, etc.


Como funciona?

O intuito principal desse método é atuar DE FORMA MAIS OBJETIVA E FOCAL naquilo que está trazendo mal estar e sofrimento para a pessoa em tratamento, que podem ser situações diversas: crises ansiosas ou depressivas, a perda de um ente querido, conflitos repetitivos em relações amorosas, etc.

Logo na primeira sessão (entrevista clínica), é feito o levantamento inicial do problema do/da paciente e elaborado, entre o psicólogo e quem quer se tratar, um PLANEJAMENTO terapêutico, pensando em um número básico de sessões, prazo de duração (começo, meio e fim) e, sobretudo, o objetivo principal do tratamento. Ou seja, é alinhado com o/a paciente o que se deseja como resultado ao final do tratamento psicoterápico. Trabalha-se de modo focado no conflito mais urgente!


Quanto tempo dura o tratamento?

Obviamente, ninguém poderá prometer resultados específicos e exatos sobre um tratamento psicológico (o que seria antiético), mas o que se tem como PROPOSTA é um planejamento que, segundo as referências científicas sobre o tema, “estimularia o progresso da terapia” (BRAIER, 2000, p.21).

Assim, reforçamos aqui o fato de ser um método que faz uma previsão, mas não uma promessa em relação à temporalidade do tratamento. Estima-se, assim, que o processo dure alguns meses, e não alguns anos.


Ficou ainda com alguma dúvida ainda sobre como funciona a Psicoterapia Breve? Me chame in box/direct que eu terei o maior prazer em responder!


REFERÊNCIAS:

BRAIER, Eduardo Alberto. Psicoterapia breve de orientação psicanalítica. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

HEGENBERG, Mauro. Psicoterapia breve. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2004.




147 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page